Como investir em acções

Recorde-se que ao investir nas acções de determinada empresa está a tornar-se dono da mesma, mesmo que numa pequeníssima parte.

Surge agora a questão, porque é que uma empresa haveria que querer disponibilizar a outras pessoas serem também donos da mesma?

Uma empresa quando lança acções no mercado permite-lhes ampliar o seu capital financeiro com o investimento que os accionistas (investidores) fazem através dessa mesma aquisição.

Qualquer investidor quando compra acções é com o objectivo de acreditar que a mesma vai crescer e desenvolver-se no futuro valorizando o seu preço.

A compra de acções pode ter duas finalidades distintas, ou vende-las assim que as mesmas valorizarem ou ir ampliando o seu poder na empresa e ir recebendo os lucros que a mesma vai dando.

A verdade é que a bolsa pode ser um grande negócio e uma grande fonte de enriquecimento, sendo que os administradores da empresa trabalham por si. Precisa apenas de estar atento ao mercado e detectar as melhores oportunidades.

Parece algo fácil e imediato, mas é necessário investir algum capital inicial elevado e esse tem de surgir de outro mercado para além do accionista.

Não pense que com pouco dinheiro poderá inserir-se no Mercado da Bolsa, só com médios/grandes investimentos conseguirá receber os resultados financeiros que cada empresa onde possuir acções gerar.
Apesar de tudo existe sempre o risco de as acções desvalorizarem e o accionista perder parte do valor do investimento.

Quando possuir um grande número de acções começa a ter direito a poder nomear a equipa administrativa e directiva da empresa.

Existe muito pouca probabilidade de chegar a este nível, mas se assim for tenha em atenção na altura dessa eleição que os seleccionados serão os responsáveis por gerir e administrar o capital da empresa e o seu crescimento.

Article Source

Sobre o autor:


Artigos Relacionados com a categoria "Informação"

Fechar
E-mail It