Euribor

Uma das expressões mais ouvidas no Universo Económico da actualidade é a Taxa Euribor. A palavra Euribor gerou-se a partir de Euro Interbank Offered Rate e consiste na aplicação de uma média dos juros que são operados nos empréstimos interbancários de cerca de 57 bancos que utilizam a moeda Euro.

Define-se a partir do resultado das Taxas Euribor, onde em seguida são deduzidos 15 por cento das percentagens mais altas e mais baixas dos tais bancos envolvidos nesta análise.

Diariamente as Taxas Euribor são comunicadas e anunciadas ao público e meios de imprensa, a sua conclusão é feita à Hora Central Europeia (11h00).

Há um erro que a sociedade não reconhece devido à comunicação social, não existe uma Taxa Euribor, existe sim a Euribor que é constituída por 15 taxas de juros de diferentes prazos (1, 2 e 3 semanas e a de 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11 e 12 meses).

A Euribor é calculada desde o ano em que foi introduzida a moeda do Euro e sendo uma taxa de juro constituída por um elevado número de instituições bancárias o que estabelece o seu nível é o grau de oferta e procura.

Naturalmente, factores como a inflação ou o desenvolvimento económico não passam despercebidos na mudança do valor da Euribor.

A elevada importância que tem-se dado à Euribor é devido à sua relevância em empréstimos hipotecários ou no caso da adesão às contas poupança.

A Euribor é vista como uma taxa base para diversos produtos e serviços financeiros que bancos e outras organizações económicas prestam.

O conjunto de bancos influenciadores na Taxa Euribor é muito restrito e apenas é composto por bancos com elevado nível de importância no país(es) onde opera a sua actividade. A selecção desses mesmos bancos é da responsabilidade da Federação de Bancos Europeus.

Article Source

Sobre o autor: Mais informações sobre tudo o que está relacionado com o crédito habitação podem ser obtidas no site ocreditohabitacao.com


Artigos Relacionados com a categoria "Crédito Habitação"

Fechar
E-mail It