Mude seus hábitos e acabe com suas dívidas!

Muita gente chega ao final do ano com o 13º salário inteiro comprometido para pagar dívidas. Outras tantas nem com o 13º vão conseguir pagar todas as contas que fizeram durante o ano. Outras ainda têm dívidas que vão passando e aumentando de ano para ano.

Porque isso acontece? Porque as pessoas só sabem gastar e se endividar ao invés de poupar? Gastam tudo o que ganham, e pior, gastam mais do que ganham!

Isso é um sério problema da nossa população, não aprendemos a poupar na escola, não sabemos controlar nossas finanças, e muito menos o impulso de comprar o que é supérfluo e sem necessidade. Colocamos em nossas cabeças que precisamos ter coisas que na verdade não são necessárias. E depois acabamos nos endividando e as dívidas principalmente com cartões de crédito vão virando uma bola de neve!

Devemos ter a consciência do que ganhamos e do que podemos gastar. Nunca se deve gastar nenhum centavo a mais do que ganhamos. Também não devemos fazer dívidas que não sabemos se vamos poder pagar. E devemos sim poupar e sempre ter um dinheiro guardado para emergências.

Mas como fazer isso? O único jeito de fazer isso é mudando hábitos. Se tem o hábito de não olhar preços antes de comprar, de comprar por impulso ou de parcelar em dezenas de vezes no cartão de crédito, essa é a hora para mudar de atitude. Tenha em mente que quem compra a vista compra mais barato, que quem pensa duas vezes antes de comprar algo pode ver que o objeto de desejo não é realmente necessário e que poderá investir em algo mais útil com o mesmo dinheiro que seria gasto, e que quem planeja e poupa ganha muito mais.

Faça um depósito mensal na sua poupança como se estivesse pagando uma dívida. Se poupar 10% de seu salário mensal por cinco anos, poderá viver tranqüilamente com o mesmo salário por até seis meses caso fique desempregado.

Não vou dizer que seja fácil mudar os hábitos, principalmente os de consumo. Mas se está endividado, o melhor que tem a fazer é começar a poupar e cortar as despesas. É um bom começo. Não é fácil abrir mão de mordomias, mas se conseguir mudar de atitude com certeza conseguirá dormir com a consciência tranqüila e depois de quitar todas as dívidas verá que poupando conseguirá ter muitas das coisas que nunca conseguiria se continuasse a gastar demais. Sempre é hora para começar!

Article Source

Sobre o autor: Sandra Baroni não é economista, escreve sobre dinheiro porque quer partilhar sua vivência com outras pessoas. E escreve em seu blog sobre blogs o Info-Macross.


Artigos Relacionados com a categoria "Gestão pessoal"

Fechar
E-mail It