Não gaste todo seu 13º com presentes de natal!

Com a chegada do fim do ano começamos logo a pensar na época de festas e com o recebimento do 13º salário nos preocupamos com o que vamos dar de presentes de Natal aos nossos familiares. Com certeza a vontade de cada um é comprar inúmeros presentes, realizar o desejo de todos, mas infelizmente não podemos e também não devemos fazer isso.

Primeiramente, antes de pensar em dar presentes, precisamos pensar se podemos dar presentes. Ou seja, se estamos endividados não devemos gastar nosso salário extra com presentes, e sim, antes de mais nada em pagar as contas! Nada mais chato e até prejudicial à saúde do que começar o ano novo cheio de dívidas e sem nenhum dinheiro.

O que  deveríamos fazer com o recebimento do dinheiro extra de fim de ano é primeiro de tudo ver o que temos que pagar, não digo aqui somente dívidas, mas também as contas do dia-a-dia, em segundo lugar tirar uma porcentagem desse dinheiro e colocar na poupança, isso deverá vir em primeiro lugar caso não tenha dívidas, e depois que tiver pago as contas e guardado um pouco do seu dinheiro, aí sim pensar no que fazer com o resto.

Se não sobrou muito, ou até tenha faltado, o ideal é que pare de gastar, principalmente em presentes. Se é impossível não dar presentes, então pelo menos procure por presentes mais em conta e evite usar o cartão de crédito. Aliás, pagar a conta do cartão de crédito é uma das primeiras contas que precisam ser quitadas, por causa do alto valor dos juros cobrados a conta do cartão de crédito atrasada vira uma bola de neve.

Já se sobrou um pouco mais é hora de pensar no que comprar. Escolha presentes mais em conta, mas que não sejam tão baratos a ponto de acharem que você é pão duro. Tente escolher as pessoas a quem vai dar presentes e as que irão receber só uma lembrança, dar lembranças é mais barato e agrada também.

Prefira as lojas que dão descontos para pagamentos a vista, mas, se preferir e estiver em dia com seu cartão de crédito, pode parcelar, desde que não tenha juros nas parcelas. Fique de olho, pois as vezes promoções dizendo que não tem juros nas parcelas, na verdade os juros estão embutidos no preço a vista! Não tenha vergonha de pechinchar, nem de pesquisar preços. Não tenha pressa e pesquise muito, quem tem pressa acaba pagando mais caro.

Se está endividado o melhor que tem a fazer é reduzir gastos e cortar o que não é necessário. Presentes não são necessários a ponto de fazerem com que você se endivide mais. Pense antes, converse com as pessoas de sua família, cheguem a um acordo, pois pagando as suas dívidas será muito melhor a médio e a longo prazo, do que dar presentes agora e se endividar ainda mais! E o melhor que tem a fazer a partir de agora é não fazer mais dívidas!

Article Source

Sobre o autor: Sandra Baroni não é economista, escreve sobre dinheiro porque quer partilhar sua vivência com outras pessoas. E escreve também no blog sobre Presentes de Natal.


Artigos Relacionados com a categoria "Gestão pessoal"

Fechar
E-mail It