O que é o homebanking?

O Homebanking é o simples acto de realizar operações bancárias através da Internet, sem ter de se deslocar até um Banco ou qualquer caixa multibanco. Pode consultar variada informação financeira e pessoal, fazer transferências ou pagamentos através dos bancos online com a toda a conveniência.

Homebanking é o termos utilizado para caracterizar transacções, pagamentos e outras operações financeiras e de dados pela Internet por meio de uma página segura de banco. Isto é bastante útil, especialmente para utilizar os serviços do banco fora do horário de atendimento normal ou de qualquer lugar onde haja acesso à Internet.

Na maioria dos casos, um browser como o Internet Explorer ou o Mozilla Firefox são utilizados e qualquer conexão à Internet é suficiente para se poder aceder a estes serviços. Não é necessário nenhum software ou hardware adicional embora por vezes alguns bancos disponibilizam algum meio adicional de autenticação ou autorização, como por ex um cartão com códigos.

Depois dos caixas multibanco e do contacto pessoal com o balcão, o internet/homebanking é, actualmente, o terceiro meio de contacto mais utilizado pelos clientes portugueses de bancos para contactar com o seu banco principal (banco com que trabalham mais). O número de portugueses que utiliza este meio de contacto tem registado um aumento exponencial nos últimos anos, sendo, em 2007, sete vezes superior ao observado em 2000.

Um dos factores principais para este crescimento é a conveniência do serviço. O Internet banking usualmente oferece funções como pagamentos de contas e serviços, transferência de dinheiro nacionais ou internacionais, abertura de contas, consulta de saldos e movimentos e muito mais. Há um número crescente de bancos que operam exclusivamente online, porque isto tem um custo menor comparado aos custos dos bancos tradicionais.

A segurança é um factor importantíssimo, para garantir a confiança dos utilizadores, mas também que não há fraudes. Por isso os mecanismos de autenticação simples de utilizador e password já não são usados. Os portais de homebanking utilizam páginas seguras e o tráfego é encriptado por https, e são usados também certificados. Normalmente é utilizada uma segunda camada de autenticação para todo o site ou apenas para alguns tipos de operações.

Grande parte das burlas é realizada sob a forma de artimanhas cada vez mais sofisticadas para “pescar” informações sigilosas dos cibernautas, a que se dá o nome de phishing. No caso português, desde algum tempo que todas as instituições informam os seu clientes desta realidade, alertando-os para a protecção dos seus dados, com indicações para que “nunca forneça os seus códigos de acesso a ninguém, não os reutilize noutros serviços da internet”

A utilização do homebanking actualmente não é uma solução para toda a gente pois nem todos dominam a tecnologia ou tem acesso a ela para podem efectuar estas transacções online.

Também não existe apoio físico ao utilizador. Assim a análise a efectuar sobre os diversos serviços disponibilizados ou operações será efectuada individualmente. Tendo em conta esta característica o grau intelectual necessário do cliente alvo terá de ser superior normal uma vez que terá de possuir não só um maior grau de conhecimento sobre produtos financeiros, como uma maior facilidade de aprendizagem.

Article Source

Sobre o autor: O meu nome é Patricia e escrevo habitualmente artigos sobre segurança nas habitações.


Artigos Relacionados com a categoria "Serviços"

Fechar
E-mail It