Procura emprego então faça um branqueamento dentário

Se está à procura de emprego e tem dentes amarelos não hesite – vá fazer um branqueamento dental. Clarear os dentes melhorará a imagem que tem de si próprio devolvendo à sua boca um sorriso de dentes brancos, e os outros, nomeadamente os seus potenciais empregadores terão melhor imagem de si.

Razões para fazer um branqueamento dentário

A opinião que tem de si mesmo é primordial. A opinião que temos de nós mesmos afecta a nossa confiança e o modo como agimos em sociedade e nos relacionamos. Isto sem referir a influência que também tem sobre os outros a nossa própria imagem.

Hoje em dia não há celebridade que não tenha o seu sorriso branco. Para ter um sorriso assim, claro está, tem que ter dentes brancos. A sociedade deprecia cada vez mais os dentes amarelos, ou simplesmente o amarelado dos dentes, que com o tempo vai sendo adquirido, fruto muitas vezes do café e do tabaco.

Branquear os dentes é algo mais do que higiénico, do foro da estética e até da moda. Portanto, branquear os dentes, embora seja uma decisão absolutamente pessoal, deve ser ponderado perante o enquadramento que temos ou pretendemos ter em termos sociais.

Branquear os dentes tornou-se fácil e acessível

No nosso quotidiano apreendemos alguns hábitos e rotinas que nos dão segurança e prazer, no entanto alguns deles prejudicam a brancura dos nossos dentes. É o caso do tabaco e da ingestão de café, responsáveis pelo amarelecimento dos dentes.

Depois de atingido o amarelecimento dental, nem a inversão destes hábitos nos permite reverter o processo, daí que a solução passe pelo branqueamento dentário, um processo e controlado de eliminação da descoloração e das manchas dos dentes, de modo a devolver-lhes a brancura, muitas vezes ultrapassando até a sua brancura original.

Branqueamento dental

Basicamente, isto pode ser conseguido pelo processo de utilização de uma moldeira para actuação de um gel branqueador que penetra no interior dos dentes tornando-os mais brancos, ou pelo método usado nas clínicas dentárias que se convencionou chamar de branqueamento dental a laser.

Geles de branqueamento

Os geles de branqueamento dentário são imensos. Não que o produto em si seja muito diferente, mas são muitas as marcas comercializadas e se juntarmos a isso ainda o facto de terem várias concentrações, ficamos com uma diversidade de ofertas que nem sempre são fáceis de valorar e de escolher. A concentração do peróxido de hidrogénio, ou do peróxido de carbamida determina o grau de brancura com que vamos ficar, se bem que esta influência não é absoluta, pois podemos controlar também o grau de brancura pelo número de vezes em que aplicamos o gel de branqueamento. Quando ficarmos satisfeitos com o grau de brancura, terminamos o processo.

Na América, é costume usar-se concentrações mais elevadas, pois os americanos querem resultados mais determinantes. Por vezes chegam a chocar com a brancura que atingem e que para nós é exagerada. Um gel de branqueamento dentário com uma concentração de peróxido de 22% já é bastante eficaz para o nosso padrão. Se acha que necessita de algo mais forte, por ter os dentes muito amarelos, ou muito manchados, tem concentrações superiores, nomeadamente a de 35% que não chega a entrar no exagero que se pratica nos EUA.

Article Source

Sobre o autor: Ni Norte esteve desde sempre ligado à medicina dentária e à odontopediatria. É o autor do site Branquear dentes.


Artigos Relacionados com a categoria "Dicas e sugestões"

Fechar
E-mail It